Qual é o impacto da Eficiência Energética dentro dos processos de Refrigeração Industrial

Aumentar a capacidade lucrativa é uma meta que provavelmente está elencada como uma das mais importantes de qualquer empresa.

Não é atoa que elas buscam otimizar ao máximo os seus processos a fim de alavancar os seus resultados financeiros.

A aplicação desse preceito é praticada em todo tipo de empresas, inclusive nos processos de refrigeração industrial.

E quando falamos de otimização, o principal intuito é que isso possa reduzir os custos que estão ligados a esses processos.

Existem muitas formas efetivas de fazer isso e uma delas é através da prática de um conceito chamado Eficiência Energética.

Acompanhe-me nesta leitura e entenda qual o impacto da eficiência energética dentro das indústrias; 

Relação entre Indústria e Energia

Imagine uma quantidade enorme de linhas de processos. São diversas máquinas funcionando lado a lado, produzindo em em grande velocidade.

Para que todo esse processo possa funcionar, é necessário que essas máquinas sejam alimentadas com energia.

Até aí está tudo normal, não é mesmo?

O problema surge quando essa energia não é utilizada de maneira eficiente. E isso pode ocorrer devido a diferentes causas.

“Mas qual é o ponto de partida para entender se eu estou fazendo um bom uso da energia, dentro da minha indústria, ou não?”

Um desses pontos é quando levamos em conta os conceitos de energia reativa, energia ativa e o fator potência.

É muito simples, energia ativa é basicamente a energia responsável pela realização dos processos. Em outras palavras, é por conta dela que as máquinas permanecem em funcionamento.

Por outro lado, existe a energia reativa cujo conceito se diferencia. 

No caso da reativa, ela não é responsável por manter as máquinas trabalhando, todavia ela é responsável por criar um campo magnético que tem o objetivo de fazer com que os seus equipamentos entrem em funcionamento.

E o que esses conceitos nos dizem?

Eles dizem que, quanto maior for a sua energia reativa, menor será o seu fator potência.

Afinal de contas, é preciso lembrar que a energia reativa não se traduz na execução dos processos industriais. Ou seja, ela não se transforma em lucros, efetivamente falando.

O que fazer para implementar o conceito de Eficiência Energética

Antes de mais nada, é necessário realizar uma análise do consumo energético.

Esse passo é imprescindível e precisa ser muito bem detalhado. Isso porque precisamos entender o quanto de energia estamos desperdiçando com os nossos processos.

E as razões para que isso ocorra são muitas, tais como:

  • Mal funcionamento de equipamentos;
  • Problemas com as instalações da empresa;
  • Queda do desempenho de transformadores;
  • Sobrecargas no sistema;
  • Aquecimento de condutores e muito mais.

Tudo isso pode gerar impactos negativos do ponto de vista de eficiência energética para as indústrias.

E olha que nem levantamos a bola para a questão do fator potência que explicamos logo acima.

O ponto é, esse estudo se faz necessário a fim de entendermos quais ações tomar para reduzir o desperdício de energia.

Fazer isso gera reflexos que vão além da redução dos gastos. Afinal, estamos falando de recursos que você deixa de gastar, de forma desnecessária, e que podem ser aplicados para melhorar a sua capacidade lucrativa.

eficiência-energia
Eficiência Energética é um assunto sério e muito importante para otimizar os processos dentro de uma empresa.

Eficiência Energética nos processos de Refrigeração Industrial

É sabido que a amônia, recurso bastante utilizado dentro da refrigeração industrial, demanda um alto custo operacional.

Na prática isso ocorre em função das grandes cargas térmicas que são usadas para o congelamento e resfriamento de processos e produtos.

Esse é um dos fatores que justifica a aplicação em estudos a fim de diminuir esses custos. Isso sem contar os demais fatores que esclarecemos no decorrer deste artigo.

Conclusão

Eficiência Energética é um assunto sério e muito importante para otimizar os processos dentro de uma empresa, garantindo mais eficiência e lucratividade.

E a melhor forma de começar a aplicar esse conceito de forma bastante assertiva é investir em produtos e empresas que se preocupam de verdade com esse conceito e o aplicam na fabricação dos seus produtos.

Um caso excelente de empresa que esteve sempre de olho nisso é a Danfoss. Ela é um exemplo de empresa que leva muito a sério a premissa de uso eficiente da energia.

E você pode encontrar produtos Danfoss aqui como válvulas de bloqueio que vão te ajudar a otimizar os seus recursos energéticos.

Isso e muito mais dentro do nosso catálogo de produtos aqui da Nepin.

Acesse a nossa loja e confira as soluções que a Nepin separou para você aumentar a eficiência energética, dentro da sua empresa.

 

Deixe um comentário