Qual é a função de uma Válvula Termostática

Dentro do cotidiano de uma indústria somos apresentados a um grande número de válvulas cuja função pode variar drasticamente, dependendo da finalidade do processo em que ela estiver empregada.

No geral, todas vão cumprir, como função primária, o controle do fluxo de um certo fluido que pode se apresentar em diferentes formas como gases, líquidos e outros materiais.

De um modo bastante simples de entender, as válvulas vão abrir, permitindo a passagem desses fluidos para cumprirem o seu papel dentro do processo em que estiverem empregados, e também irão se fechar, encerrando esse fluxo.

Trata-se de um recurso extremamente importante e fundamental para a funcionalidade de máquinas e equipamentos e também a fim de garantir muito mais segurança aos processos em que seu uso for requerido.

E no artigo de hoje, vamos falar sobre as válvulas termostáticas. Elas correspondem a um conjunto de dispositivos indispensáveis para administração e controle da temperatura dos fluidos.

Acompanhe-me nesta leitura e saiba mais sobre a função e o uso de uma válvula termostática dentro dos processos industriais.

O que é uma válvula termostática e qual é a sua função

Uma válvula termostática é um dispositivo empregado a fim de fazer com que um determinado fluido possa alcançar a temperatura desejada.

Pareceu confuso? Não precisa se preocupar. Na verdade esse conceito é muito mais simples do que parece e você vai perceber isso de maneira bastante rápida quando a gente traz esse conceito para a prática.

Afinal, estamos falando de um recurso que está presente também dentro do nosso uso cotidiano. 

Um bom exemplo da aplicação da válvula termostática é o chuveiro elétrico, por exemplo. Nele, nós conseguimos controlar a temperatura diminuindo o fluxo de água.

Outro exemplo bastante clássico e próximo do nosso cotidiano ocorre no seu uso destinado aos veículos automotores. Neles, a válvula termostática é indispensável para garantir que o veículo permaneça e funcionamento sob uma temperatura constante.

Embora esses dois tipos de válvulas termostáticas sejam bastante diferentes um do outro do ponto de vista estrutural, a função primária de ambos é a mesma. A de controlar a temperatura de um determinado fluido.

Além desses usos, a válvula termostática ainda pode estar presente na manutenção de temperatura de uma câmara fria ou no controle de temperatura de um sistema de óleo térmico ou radiador industrial, por exemplo.

Como funciona uma válvula termostática

Antes de mais nada, para compreender o seu funcionamento você precisa entender que as válvulas termostáticas trabalham com fluidos de diferentes temperaturas.

Essas válvulas possuem uma mola, responsável pelo ajuste de temperatura, e um sensor. À medida que o fluido aquece ou esfria, o comportamento da válvula é diretamente afetado e determina o fechamento ou abertura do fluxo.

Isso para garantir que a temperatura do fluido possa atingir o nível desejado.

Vamos trazer esse funcionamento para dentro de uma situação cotidiana. Nos carros, por exemplo, é ideal que o motor do veículo funcione a uma certa margem de temperatura, para que ele possa usufruir ao máximo do seu potencial.

E, nesse sentido, a válvula termostática exerce um papel fundamental. Quando ligamos o veículo, a válvula corta o fluxo de líquido que ocorre entre motor e radiador, permitindo que o motor aqueça e atinja uma temperatura de maior eficiência.

Entretanto, para que esse valor não supere os níveis capazes de gerar algum tipo de problema para o motor, o sensor da válvula entra novamente em ação permitindo o fluxo do fluido entre o motor e radiador para que a temperatura permaneça constante.

Essa função contribui para uma série de aplicações, não apenas às cotidianas que descrevemos durante o texto. Na indústria, por exemplo, as válvulas termostáticas são usadas para:

  • sistemas hidráulicos;
  • caldeiras de biomassa;
  • máquinas de moldagem por injeção;
  • compressores;
  • bombas de vácuo;
  • máquinas de limpeza a seco;
  • instalações de destilação;
  • outras máquinas usando refrigeração de líquido;
  • aplicação de caldeiras de vapor;
  • autoclaves.

Conclusão

Com todos esses argumentos fica mais do que evidente a importância que as válvulas termostáticas possuem no cotidiano da vida das pessoas e, também, para o dia a dia de muitas empresas.

É uma maneira simples e eficaz de garantir o controle da temperatura em diversos tipos de aplicações que vão desde o simples aquecimento da água de um chuveiro, até mesmo o controle da temperatura em inúmeros processos ligados à refrigeração industrial, por exemplo.

E, no site da Nepin, você consegue encontrar diversos modelos de válvulas termostáticas que vão atender, com muita qualidade e eficiência, os processos industriais de sua empresa.

Acesse o nosso site, confira o nosso portfólio de produtos e conheça as nossas soluções em automação industrial e refrigeração industrial.

 

 

 

 

Deixe um comentário