Quais são os Riscos e cuidados no uso da Amônia em processos de Refrigeração

A amônia é uma substância química que possui uma grande importância para a indústria, sendo muito utilizada em processos de refrigeração industrial devido a sua alta eficiência.

Afinal de contas, estamos falando de um agente capaz de absorver grandes quantidades de calor quando passa pelo processo de liquefação. Além disso, a amônia não causa efeitos negativos e prejudiciais quando entra em contato com a grande parte dos materiais normalmente usados nos processos de refrigeração.

Por fim, trata-se de um recurso cujo valor é bastante baixo quando comparado a outros refrigerantes. 

Olhando para todas essas vantagens, pode-se até gerar a impressão que estamos falando de um recurso cujo uso é incontestável e livre de problemas. Mas não é bem esse o caso.

Isso porque a amônia é uma substância tóxica, capaz de gerar diversos problemas de saúde ao ser inalada por seres humanos, podendo, inclusive, levar uma pessoa a óbito. 

E o grande problema disso é que os vazamentos de amônia são muito mais comuns do que gostaríamos. Problema que faz com que seja necessário a adoção de diversas medidas de segurança e, até mesmo, pode gerar a avaliação ou não do seu uso.

É sobre os riscos e cuidados relacionados ao uso de amônia em processos de refrigeração que vamos falar no artigo de hoje. Portanto, se você quer saber mais sobre isso para fazer da sua empresa o mais segura possível, é só nos seguir nesta leitura.

Os Riscos relacionados ao uso de Amônia

É possível ressaltar uma série de benefícios ao se utilizar a amônia como refrigerante em processos industriais. Sendo, alguns deles, os seguintes:

  • Possui alta eficiência energética;
  • Tem baixo valor de aquisição;
  • É ecologicamente sustentável.

Aliás, se você quer entender um pouco mais sobre as suas vantagens e benefícios e quer entender mais sobre o seu uso, temos um artigo que aborda todos esses assuntos. E para acessá-lo é só clicar no link a seguir: Entendendo o uso de Amônia dentro da Refrigeração Industrial.

Porém, o foco deste artigo é outro. Existem sim muitas vantagens relacionadas ao uso da amônia, mas a questão é a seguinte: Será que os seus benefícios são suficientes para se sobrepor aos riscos relacionados ao seu uso?

Podemos lhe dizer que sim, afinal de contas, trata-se de um recurso relativamente comum, sendo muito utilizado hoje em dia.

E para manter este cenário são necessárias uma série de medidas a fim de evitar o potencial risco que essa substância pode oferecer não só aos seres humanos como também a infraestrutura de uma empresa.

E quando falamos de riscos, podemos ressaltar os seguintes:

1. Explosões

É comum associarmos os perigos da amônia à sua alta toxicidade, correto? Porém, esse não é o único problema em potencial.

Isso porque a amônia, em certas concentrações presentes no ar, pode também transformar-se em um agente explosivo.

Em outras palavras, vazamentos de amônia podem resultar em grandes explosões que colocam em risco a saúde das pessoas que estiverem por perto e, também, pode causar impactos à infraestrutura do local, danificando o patrimônio da empresa.

2. Inalação

A inalação de amônia é um risco bastante grave, uma vez que essa substância tem um elevado nível de toxicidade e pode comprometer e muito a funcionalidade dos pulmões.

É bem verdade que estamos falando de um gás leve e que tende a se esvair pela atmosfera. Porém, quando falamos de ambientes industriais fechados e com maior concentração de umidade a história é outra.

Nesses casos a amônia tende a se tornar mais pesada, o que facilita a sua inalação. E quando consideramos que é esse tipo de ambiente o que normalmente está presente em indústrias cujo processo de refrigeração está bastante presente, é necessário ter todo um cuidado quanto a esse risco. 

3. Contato com a pele

O contato com a pele é outro risco relacionado ao uso de amônia. Isso se deve ao seu caráter corrosivo e que pode causar irritações e, até mesmo, queimaduras, dependendo de sua concentração.

E como se não fosse o suficiente, existe ainda o risco do contato com os olhos que, além das irritações, pode ainda causar cegueira.

Quais os cuidados com a amônia no ambiente de trabalho

É bem verdade que todos esses perigos podem soar como um sinal de alerta, mas é justamente essa a intenção.

Além disso, é importante ressaltar que muita coisa mudou desde a adoção inicial da amônia em processos de refrigeração e que contribuíram, significativamente, para reduzir os acidentes e potenciais problemas que essa substância pode causar.

E não só do ponto de vista preventivo, através de normas e orientação, mas, também, com a implementação de recursos tecnológicos melhores e, consequentemente, mais eficazes no que diz respeito à segurança.

Aliás, é bom salientar que existe uma norma técnica específica que trata sobre a refrigeração industrial por amônia. Trata-se da Norma Técnica 03/2004 (MTE, 2005) em que se fala sobre os riscos, medidas de segurança e auditoria fiscal no que cerne o seu uso.

Nele podemos encontrar informações relevantes como:

  • procedimentos operacionais e de emergência;
  • auditorias;
  • capacitação de colaboradores;
  • análise de riscos;
  • manutenção preventiva;
  • informações de segurança e muito mais.

Como a Nepin pode ajudar você

Além de tudo que já dissemos, existe uma outra importante maneira de assegurar um nível maior de segurança para as suas operações que ocorre ao adquirir máquinas, componentes e equipamentos de qualidade para a sua empresa.

E é exatamente o que você vai encontrar aqui na Nepin. Afinal, trabalhamos com produtos de excelentíssima qualidade e que possuem uma alta confiabilidade no mercado.

No nosso site você pode encontrar:

Esses são apenas alguns dos produtos disponíveis no nosso site que são totalmente compatíveis com o uso da amônia como refrigerante.

E em caso de dúvidas, é só entrar em contato com algum de nossos especialistas por aqui mesmo. Assim você poderá encontrar a melhor solução para a segurança e eficiência dos processos da sua empresa. 

Deixe um comentário