Indústria e meio ambiente: O que a indústria tem feito para minimizar os impactos no planeta

De que a indústria é um setor fundamental para o desenvolvimento socioeconômico não podemos nos opor, não é mesmo?

E isso não vale apenas para a história do nosso país. Sua importância ocorre a nível mundial e tudo isso se intensificou, consideravelmente, a partir da revolução industrial.

Daquele momento em diante, a indústria passou a se tornar parte vital para o ecossistema social. Gerando não apenas bens de consumo, mas, também, promovendo diversas vantagens.

A alavancagem da indústria fez com que se criassem muitos novos empregos, movimentando a economia global. E claro, precisamos considerar, também, todos os benefícios trazidos com os bens produzidos.

Saúde, segurança, lazer, alimentação. A indústria, no decorrer de sua existência, causou grandes impactos na vida de todos nós.

Entretanto, nem todos esses impactos foram positivos. E, dentre os negativos, um dos que definitivamente merece destaque diz respeito ao fator ambiental. Sobretudo quando olhamos para o início da história da indústria.

Acompanhe-me nesta leitura e saiba mais sobre quais foram esses impactos e o que a indústria têm feito para minimizá-los.

Quais foram os impactos ambientais causados pela indústria

Quando olhamos para a história, fica muito nítido perceber que a indústria assumiu um importante papel para as nossas vidas. E, nos dias de hoje, chega até mesmo ser impensável viver na ausência dela, isso é fato.

Por outro lado, você alguma vez já imaginou o mundo existindo com total ausência de recursos naturais?

Exemplos de filmes e séries que trazem uma realidade onde todos os recursos do nosso planeta foram extraídos, ou, são bastante escassos, são bem comuns, se você parar para pensar.

E, em cada um deles, a representação dessa realidade é extremamente negativa. Muitos deles, inclusive, servem como um exercício de reflexão e atenção para os nossos próximos passos. 

Mas não é à toa que esse alerta tem sido empregado. Afinal de contas, o uso desenfreado dos recursos naturais é um fator realmente preocupante e bastante associado à nossa realidade, não estando presente somente na ficção.

E não tem como negar que a indústria teve uma grande parcela de responsabilidade quando o assunto é uso dos recursos. O resultado disso são diversos danos ambientais, em que muitos são irreparáveis.

Dentre os danos, podemos destacar os seguintes:

  • Alteração na fauna e flora;
  • Devastação de matas e florestas;
  • Poluição da água;
  • Poluição do ar;
  • Aquecimento global.

É bem provável que esses sejam os principais impactos causados pela indústria no planeta. 

O que têm sido feito para minimizar os impactos no planeta

Não tem como dizer que esse cenário não gera uma certa preocupação, não é mesmo? E, claro, essa preocupação não é só relevante mas é fundamental para pautar as nossas ações presentes.

E, quando falamos sobre isso, em nenhum momento procuramos colocar a indústria no papel de culpada e sentenciada a pagar pelas suas ações passadas deixando de existir.

Mas o fato é que ela não pode negligenciar o meio ambiente e continuar com o uso abusivo dos recursos naturais, presentes no nosso meio ambiente. 

E é com base no desenvolvimento dessa consciência que muita coisa já mudou. Afinal, atitudes precisavam ser tomadas, do contrário, esses impactos somente seriam intensificados.

O melhor caminho é encontrar um ponto de equilíbrio, minimizando os impactos causados no ambiente. Até mesmo porque, não dá pra ignorar a importância positiva que a indústria gera nas nossas vidas

E, para diminuir esses impactos, diversas ações são tomadas. Ações que partem de medidas do governo tanto para frear o uso irregular de recursos, quanto para promover incentivos para empresas que fazem o uso consciente.

Além disso, a indústria também tem assumido sua parcela de responsabilidade e buscando maneiras alternativas e eficazes no que tange o uso de recursos naturais. Não só para ter crédito com o governo mas, também, para a população em si, uma vez que essa preocupação, por parte da empresa, é sim notada pelos consumidores.

E, claro, existe também o papel do próprio consumidor que, cada vez mais, busca soluções de consumo menos prejudiciais para o planeta.

Do ponto de vista industrial, podemos citar algumas dessas ações. Sendo elas:

  • Redução da produção de resíduos com efeito nocivo ao meio ambiente;
  • Reaproveitamento da água para as atividades produtivas;
  • Aplicação de tecnologias capazes de fazer a captação de energia limpa e renovável;
  • Reflorestamento;
  • Coleta seletiva e reciclagem de resíduos;
  • Treinamento e qualificação da equipe de colaboradores.

Conclusão

Ainda existe um longo caminho para ser percorrido, quando o assunto é conscientização e, também, práticas aplicadas para minimizar os impactos ambientais da indústria no nosso planeta.

Mas acredite, o prognóstico não é tão ruim como parece. Isso porque existem diversas pessoas e empresas desempenhando um papel fundamental no que diz respeito à preocupação com o futuro do planeta.

E, dentre essas empresas, podemos destacar a Danfoss. Afinal, era de se esperar de uma empresa cuja mensagem propagada é reinvenção do amanhã, construindo um futuro melhor.

Para a Danfoss, a indústria é fundamental para o planeta, assim como o meio ambiente também é. E é por conta da importância que ambos possuem que ela investe na produção de tecnologias cada vez mais eficientes, que causam um impacto cada vez menor.

Tudo isso a fim de promover um crescimento sustentável do mundo, onde todos sejamos beneficiados.

E se você quiser conferir algumas dessas tecnologias, acesse o site da Nepin e confira as soluções que nós, em parceria com a Danfoss, separamos para você.

Deixe um comentário