A automação industrial e sustentabilidade

Quando os primeiros passos em direção à revolução industrial foram dados, ainda não tínhamos ideia do que os impactos, ligados ao uso desenfreado de recursos naturais.

De lá pra cá, foi percorrido um longo trajeto de desenvolvimento industrial. À medida que o trabalho manual ficava de lado, começavam a surgir novas máquinas e equipamentos capazes de acelerar cada vez mais os processos produtivos.

Desse modo, os produtos começaram a ser produzidos em grandes escalas. Os custos de produção eram menores e o mercado se aquecia gradativamente.

Os limites de enriquecimento ainda eram desconhecidos e a partir desse ponto foram criados grandes polos e impérios industriais.

Outro fato desconhecido da época, e que perdurou por muito tempo até surgirem os primeiros impactos, eram os limites relacionados aos recursos naturais, que serviriam de insumo para os mais diversos tipos de produtos.

É muito simples entendermos a lógica das coisas, a partir disso. A velocidade com a qual os recursos eram retirados da natureza não era equivalente ao seu desenvolvimento.

Imagine uma árvore sendo transformada em palitos de dente, por exemplo. Qual será o tempo que uma máquina leva para realizar esse processo? Provavelmente não muito, não é mesmo?

Agora imagine o tempo que essa mesma árvore levou até atingir esse tamanho. Não dá nem mesmo para comparar.

É a partir dessa premissa que surgiram grandes iniciativas responsáveis por conscientizar a população, de modo geral, e , também, promover alternativas inteligentes para a preservação do meio ambiente.

O desafio é promover crescimento em automação industrial sem deixar de lado a sustentabilidade. Acompanhe-me nesta leitura e saiba mais sobre esse assunto.

O que é Sustentabilidade

Diante desse cenário que descrevemos no começo deste artigo surge o conceito de sustentabilidade.

Trata-se de um tema bastante presente nas nossas vidas, servindo de debate em todo o mundo.

Mas você sabe qual o significado deste conceito?

Segundo a WWF, ONG brasileira comprometida com a preservação dos recursos naturais, a sustentabilidade se refere à capacidade de suprir as necessidades da geração atual, garantindo a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações.

Em outras palavras, esse conceito planeja unir duas questões. Desenvolvimento econômico e conservação ambiental.

Visto os vislumbres de escassez de recursos naturais, essa pauta se tornou importantíssima, virando responsabilidade não apenas para as indústrias, mas também presente nas ações do dia a dia.

O que é Automação Industrial

Imagine um mundo com escassez total de recursos naturais? Falta água, combustíveis fósseis, metais e diversos outros recursos, presentes na natureza, que servem de insumo  para a produção de diversos produtos estão a um passo de sumirem.

É um vislumbre assustador, não é mesmo?

Essa consciência criou um grande alerta para o mundo que se viu na obrigação de desenvolver leis com o sentido de punir empresas e pessoas que faziam mau uso dos recursos naturais.

Não só isso, mas também promoveu incentivos para quem fazia um bom uso desses recursos.

E é nesse sentido que surgem os processos de automação industrial.

Seu conceito se refere a utilização de máquinas eletromecânicas, softwares e equipamentos específicos com a finalidade de automatizar os processos industriais.

Em outras palavras, trata-se da tentativa de modernizar os processos através da utilização de máquinas altamente tecnológicas.

São grandes os benefícios gerados por essa prática, tanto do ponto de vista técnico, relacionado a qualidade de produção, quanto do ponto de vista de eficiência.

E é nesse contexto de eficiência que surge a relação entre automação industrial e sustentabilidade. Como vantagens dessa união podemos citar:

  •     Redução no uso de insumos, promovendo eficiência energética.
  •     Menor emissão de poluentes;
  •     Economia de água;
  •     Otimização do uso de matéria prima, reduzindo desperdícios e muito mais. 

    industria-maquinas
    O desafio é promover crescimento em automação industrial sem deixar de lado a sustentabilidade.

Selo de Sustentabilidade

Adquirir um selo de sustentabilidade, os chamados “selos verdes”, tem sido o objetivo de muitas empresas.

Afinal, eles ratificam com toda a clareza do mundo que as empresas que os possuem estão preocupadas com o futuro do planeta.

A importância disso incide na conscientização que as pessoas, ao redor de todo o mundo, têm desenvolvido sobre o tema.

Portanto, trazer esse conceito para dentro das empresas traz benefícios que vão além dos incentivos de crédito e fiscais. Estamos falando de um posicionamento de marca com enorme potencial.

Nepin e Danfoss – Uma parceria preocupada com o futuro

Não é possível falar de sustentabilidade sem mencionarmos a Danfoss. Empresa de origem Dinamarquesa que se tornou referência em soluções de alta tecnologia e eficiência energética.

Essa preocupação está presente, inclusive, no lema da empresa que é “Reinventando o amanhã, construindo um futuro melhor”.

Portanto, sustentabilidade é uma prática amplamente empregada na Danfoss. Tanto em seus processos quanto nos seus produtos.

Preocupação essa que a Nepin fez questão de empregar em seu portfólio de produtos, através da parceria com a própria Danfoss e outras empresas que promovem o bom uso de recursos ligados à automação industrial.

Venha conhecer as soluções disponibilizadas pela Nepin e faça parte de um time que está preocupado em criar um futuro muito melhor.

 

 

 

 

 

Deixe um comentário